Anitta é detonada após novo clipe internacional: ‘Wakanda está em festa’

Anitta acabou sendo criticada por “apropriação cultural”

A cantora Anitta lançará em breve um novo clipe, Muito Calor, com o porto-riquenho Ozuna, que teve a prévia divulgada ontem (10).

No entanto, já pela prévia ela se meteu em mais uma polêmica, sendo acusada de “apropriação cultural”, que é quando as pessoas brancas se apropriam de elementos de outras culturas, principalmente de origem afrodescendente. Isso porque no vídeo, ela usa cabelos crespos e dança na laje de uma comunidade.
Já em outras partes do clipe, sem a presença da famosa, também são mostradas ruas e imagens aéreas da comunidade. As semelhanças com trabalhos anteriores da funkeira, como Vai malandra e Onda diferente, que também geraram acusações de apropriação cultural, foram apontadas pelos internautas, como informa o Extra.

Depois de tudo isso, Anitta escreveu um textão desabafando sobre o assunto. “Meu Deus! Que loucura!”, iniciou ela, elencando quatro tópicos.

“1 – “Onda diferente” é um hit. O clipe foi gravado em Los Angeles. Cantado em português. Tem feat brasileiro e feat gringo importantíssimo. Estão começando a ouvir fora do Brasil mesmo sendo em português”, falou Anitta. “2 – O único videoclipe MEU gravado em uma favela se chama “Vai Malandra”. Os demais são clipes onde eu fui CONVIDADA como feat, assim como esse. 3 – O clipe mostra diversos pontos do Rio de Janeiro que o diretor gostou. Dentre eles: escadas da Lapa, Pão de Açúcar, Cristo, praias e etc… 4 – Quando eu era criança meu cabelo era mais enrolado que nesse do vídeo. Eu que meti produto na adolescência e ele mudou para sempre. 5 – Vocês nunca estão satisfeitos”, concluiu.